Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Os nossos Serviços

Obra

Quando construirmos pensemos que estamos a construir para sempre

A realização de uma obra possui vários riscos associados, os quais devido ao elevado investimento que usualmente acarreta exige previamente um planeamento rigoroso e posteriormente um controlo eficaz durante a sua execução.

Para a garantia de qualidade, prazos e orçamento prestamos uma diversidade de serviços que individualmente ou cumulativamente permitem uma gestão controlada do risco.

Tipo de projetos

Numa fase prévia é importante definir um cronograma dos trabalhos e da disponibilização dos recursos financeiros necessários para assegurar a realização da obra.

 

Com uma extensa variedade de oferta de empresas de construção civil é fundamental fazer a melhor escolha e prevenir eventuais problemas futuros que forçosamente irão acarretar um custo financeiro superior ao expectável.

 

Deste modo, previamente ao início dos trabalhos, importa fazer a melhor seleção da empresa que vai realizar a empreitada. Garantido em primeiro lugar que os orçamentos apresentados garantem todas as quantidades de materiais necessárias para a execução dos trabalhos.

 

Para tal através do Mapa de Quantidades e Medições é possível aferir que todas as propostas estão de acordo com o preconizado e avaliar de uma forma simples os diferentes preços praticados para cada fase dos trabalhos e por cada tipo de material ou trabalho.

 

Posteriormente após esta selecção importa redigir um contrato que garanta entre outras questões de ordem legal, tais como:

  • Os prazos de execução;
  • Preços de acordo com o orçamento apresentado;
  • Cronograma que permita o controlo entre os trabalhos executados e a disponibilização dos recursos financeiros.

 

Na ARQ+, acordamos na seleção e contratação de empreitadas de forma a reduzir o risco inerente a uma falta de planeamento e controle de custos numa fase pré-obra, em articulação ou não com os restantes serviços que prestamos.

Permite garantir que a execução da obra corresponda com as condições, especificações e demais pormenores técnicos estabelecidos nos projetos, bem como a sua qualidade.

A Direção Técnica da Obra está entre as soluções de engenharia que prestamos na ARQ+, através de um acompanhamento em campo por profissionais que fiscalizam todas as fases da obra, para garantir que o projeto seja implementado da forma correta de modo que:

  • A obra seja executada conforme a calendarização prevista;
  • Que os materiais aplicados correspondem em quantidade e qualidade contratada;
  • Através da realização de autos de medição é possível assegurar e monitorizar que os trabalhos realizados. Estes devem corresponder com o cronograma e respetivos prazos de pagamento;
  • Avaliar e autorizar que os trabalhos adicionais e alterações realizadas em obra se enquadram no cumprimento das disposições regulamentares;
  • Assegurar que todas as licenças e autorizações exigíveis se encontram válidas e no local da obra. Bem como disponíveis para consulta por parte das entidades fiscalizadoras.

A Direcção Técnica de Obra é uma exigência regulamentar e obrigatória para qualquer tipo de obra quer seja de licenciamento ou comunicação prévia, sendo um elemento fundamental para a boa e adequada execução dos trabalhos.

A realização deste trabalho requer total autonomia técnica e obriga a diversos deveres, designadamente:

– Dirigir a execução dos trabalhos e a coordenação de toda a atividade de produção da empresa responsável pela execução da obra;

– Assegurar a correcta realização da obra, no desempenho das tarefas de coordenação, direcção e execução dos trabalhos, em conformidade com o projecto de execução e o cumprimento das condições da licença ou da admissão, em sede de procedimento administrativo ou contratual público;

– Adotar os métodos de produção adequados, de forma a assegurar o cumprimento dos deveres legais a que está obrigado, a qualidade da obra executada, a segurança e a eficiência no processo de construção;

— Requerer, sempre que o julgue necessário para assegurar a conformidade da obra que executa ao projeto ou ao cumprimento das normas legais, ou regulamentares em vigor, a intervenção do diretor de fiscalização de obra, a assistência técnica dos autores de projeto, devendo, neste caso, comunicar previamente ao director de fiscalização de obra, ficando também obrigado a proceder ao registo desse facto e das respectivas circunstâncias no livro de obra;

– Quando coordene trabalhos executados por outras empresas, devidamente habilitadas, no âmbito de obra cuja realização tenha sido assumida pela empresa cujo quadro de pessoal íntegra, deve fazer-se coadjuvar, na execução destes, pelos técnicos dessas mesmas empresas;

– Assegurar a efetiva condução da execução dos trabalhos das diferentes especialidades por técnicos qualificados;

A ARQ+ presta serviços de Direcção e Coordenação de Obra com o objectivo de assegurar a verificação da execução da obra em conformidade com o projeto de execução e nos casos em que seja aplicável, o cumprimento das condições da licença ou comunicação prévia e o cumprimento das normas legais e regulamentares aplicáveis, assim como a compatibilidade dos projetos de arquitetura e especialidades.

Asseguramos a Direcção ou Fiscalização de Obra até à classe V, incluindo as obras realizadas em edifícios classificados e/ou inseridos em ZEP – Zona Especial de Protecção.

O Plano de Segurança e de Saúde (PSS) é um documento que deve reunir todas as informações e indicações relevantes em matéria de segurança e de saúde que se mostrem necessárias para reduzir o risco de ocorrência de acidentes de trabalho e de doenças profissionais nos estaleiros (fase de construção).

Devem assim prever-se medidas de prevenção destinadas a minimizar o fator risco, e de proteção destinadas a atenuar os efeitos devidos aos acidentes.

O Plano de Segurança e de Saúde é um documento evolutivo que deverá ser objeto de permanente atualização, iniciando-se a sua preparação durante a conceção geral do empreendimento e concluindo-se apenas com a receção definitiva do mesmo.

O Plano de Segurança e Saúde (PSS) representa assim um dos instrumentos de base na gestão da segurança e saúde em obra. A sua execução deve anteceder a fase de obra, representando um requisito legal a sua existência desde a fase de projeto. Nesta fase, o PSS enumera as particularidades da obra e os diversos aspetos da segurança, nomeadamente:

  • A avaliação de riscos e respetivas medidas preventivas adotadas;
  • Os eventuais condicionalismos verificados;
  • As medidas de caráter organizativo;
  • O plano de desenvolvimento das atividades;

As actividades de construção civil em estaleiros envolvem vários riscos, podendo resultar em acidentes quando não são tomadas as medidas de segurança necessárias. As quedas em alturas, os esmagamentos e os soterramentos são os principais acidentes no trabalho. No entanto, a aplicação de medidas preventivas pode garantir a segurança de todos nos estaleiros.

Não sendo um documento obrigatório nas obras particulares, e com uma utilidade diminuta em obras de pequena expressão, é no entanto um elemento fundamental para obras de maior dimensão, uma vez que sendo um descritivo completo de todos os trabalhos e materiais a executar em obra, permite numa fase de selecção de empreiteiros comparar entre os vários orçamentos recebidos se os materiais, marcas e acabamentos semelhantes, bem como as mesmas medições.

Como os orçamentos serão apresentados por todos os empreiteiros a partir do mesmo documento base a fornecer pelo Dono de Obra, é fácil aferir por item qualquer preço apresentado.

Por outro lado, antes do início das obras tem uma noção exacta dos trabalhos, quantidades e materiais que serão aplicados na empreitada, evitando no decurso da mesma eventuais desvios financeiros devido a alterações em obra.